Rodrigo Seixas

Confira aqui mais informações sobre o trabalho.

Educador Nota 10

2019

Rodrigo Seixas @Hans Georg NE
Foto: Hans Georg / Nova Escola

Os jovens e a modernidade líquida

Depois de discutirem as ideias do autor contemporâneo Zygmunt Bauman, os estudantes atuaram como protagonistas em uma mostra sobre a temática

Educador Nota 10: Rodrigo Seixas
CIEP 493 – Profª Antonieta Salinas de Castro
Barra Mansa, RJ
Sociologia – 3º ano
Ensino Médio 

Projeto: Um Passeio pelos Tempos Líquidos
Coautoria do projeto: Gleiciane Rosa Vinote Rocha
Número de alunos: 68 alunos
Duração do trabalho: 3 meses

Resumo: Os problemas, dilemas e desafios do século XXI trazem maneiras diversas de viver e se colocar enquanto indivíduo na sociedade. O projeto de Rodrigo fez os alunos do último ano do Ensino Médio refletirem sobre essas questões tendo como ponto de partida o conceito de “modernidade líquida” do sociólogo polonês Zygmunt Baumann. Foram trabalhados os comportamentos e valores da sociedade contemporânea e temas que afetam os jovens, como os amores e as redes sociais. Utilizando uma metodologia híbrida e ensino – que pedia para lerem ou assistirem a conteúdos antes da aula – e tendo como parceira a professora de Língua Portuguesa, o professor dividiu as turmas em grupos que se dedicaram a estudar e debater temáticas derivadas do tema gerador. Ao explicarem os “tempos líquidos” para toda a comunidade escolar, os estudantes optaram por estratégias interativas como uma roleta de perguntas da fé, um teste para medir o nível de egoísmo e uma seleção de objetos para retratar o consumismo. Manifestos verbais e não-verbais (charges, memes e tirinhas) completaram a exposição.

Por que o trabalho foi premiado?
“O trabalho parte de Zygmunt Bauman para a abordagem de temas contemporâneos, fundamentando as discussões e reflexões. Este sociólogo não faz parte das propostas curriculares, mas dialoga com as temáticas dos seriados que os jovens assistem hoje e o professor investiu linguagens variadas para sensibilizá-los como músicas, poesias e vídeos. É importante ressaltar que o projeto teve o suporte de leituras, de estudos, de ampliação de repertório dos alunos e alunas para que as suas análises e reflexões ultrapassassem o senso comum. Antes de discussões, por exemplo, o professor solicitava aos alunos que lessem ou assistem algo com o intuito de se prepararem para a aula. Quando voltou sua atenção para o desenvolvimento da competência escritora dos alunos, Rodrigo buscou parceria com a área da Língua Portuguesa. Teve clareza sobre a importância de cada uma das etapas propostas e foi perceptível que ele avaliou o processo. É um professor que registra sua prática e preocupa-se em compartilhar os registros com a equipe pedagógica da escola, acredito que isso deve ser valorizado.” Mariângela Bueno, assessora da área de Ciências Humanas e formadora de professores, é selecionadora de Filosofia, História e Sociologia do Prêmio Educador Nota 10

Veja também

Nova Escola Quando a prática dialoga com a realidade dos alunos
Veja Professor Rodrigo Seixas: um passeio pelos ‘Tempos Líquidos’ de Baumann
Futura Entrevista “Um Passeio pelos Tempos Líquidos”
Diversa Projeto gera reflexões sobre a modernidade líquida de Bauman
Educa 10 Podcast do Educador Nota 10 com Rodrigo