Rita Mozetti Silva

A Vencedora na Mídia

22/10/2020 – UNESP Franca NotíciasDoutoranda em Serviço Social vence prêmio “Educador Nota 10”
20/10/2020 – Bom Dia Cidade – Ribeirão PretoProfessora de Franca, SP, é finalista de projeto de incentivo à leitura
17/10/2020 – EPTVProjeto de Franca (SP) é finalista do prêmio Professor Nota 10
15/10/2010 – Podcast Rádio Hertz Professora de Franca concorre a mais um prêmio nacional de literatura
07/10/2020 – Nova Escola – Entrevista IGTV Nova Escola
04/09/2020 – Futura – Entrevista: “Livros foram colhidos, lidos, apreciados e compartilhados”
21/08/2020 – Site Claudia Professora cria “pé de livro”
05/08/2020 – Site R7 – Professora cria ‘árvore de livros’ para incentivar alunos
23/07/2020 – Estilo APProfessora de escola estadual e tutora de Pedagogia da Anhanguera de Franca vence Prêmio Educador Nota 10
22/07/2020 – Portal Diversa Vencedores do Prêmio Educador Nota 10 valorizam equidade e inclusão
Nova Escola Box Com “pé de livros”, professora cultiva uma comunidade literária na escola

Quando o gosto pela leitura dá frutos

Um projeto de formação de leitores que incentiva o debate e o compartilhamento de opiniões sobre obras literárias entre toda a comunidade escolar

Foto: Nidiacris Ribeiro / Trupe Filmes

Educadora Nota 10: Rita Mozetti Silva
Língua Portuguesa – 5º Ano / Anos Iniciais do Ensino Fundamental
Escola: EE Adalgisa De São José Gualtiéri
Franca, SP

Projeto: Pé de livros entre amigos
Número de alunos: 600
Duração do trabalho: 7 meses

Resumo: Crianças de 5º ano lendo e discutindo Dom Quixote, Iracema, Os três mosqueteiros, Romeu e Julieta! A professora Rita conseguiu a proeza nas terças-literárias, atividade de trocas de comentários, recomendações e retiradas de títulos para leitura individual. Tudo começou na sessão em que leu trechos do original de Cervantes. Os alunos se interessaram pela história e a educadora sugeriu boas adaptações da obra, para lerem sozinhos. Eles também produzem indicações de livros e resenhas em um processo cuidadoso que inclui etapas coletivas e revisões para aprimorar o texto. O gosto pela literatura se espalhou pela escola e uma árvore onde os livros são pendurados acolhe colegas de outros anos e visitantes de unidades próximas. A família se envolve nas leituras, participa dos encontros às terças, escreve indicações e colabora no vlog literário dos alunos. O Pé de livros já deu frutos: um projeto de leitura em voz alta nos recreios e em unidades escolares do entorno e um pedágio literário, em que as crianças entregam livros arrecadados em doações.

Por que o trabalho foi premiado?
“O diferencial da proposta é o foco na formação leitora dos alunos e não apenas a ampliação do repertório de livros lidos. Buscando constituir com seu grupo uma comunidade de leitores, Rita aposta nos alunos, no seu potencial de ler e de conversar, comentar e recomendar literatura. Entende que não basta a leitura, é preciso discutir literatura e aprender sobre ela para ampliar as possibilidades de apreciação. O trabalho estimula a produção de textos que realmente contribuem para formar leitores, como as indicações e resenhas, ao invés de fichas técnicas e resumos, tão usuais em outros projetos. Rita possui conhecimento sobre didática e sobre literatura, e assim circula bem na elaboração de sequências e na manutenção das “terças-literárias” como atividade permanente. Outro diferencial enorme está na forma como as famílias são envolvidas no projeto. Mães e pais são os primeiros a resenhar títulos do acervo e a partir daí uns vão contagiando uns aos outros, incentivando a leitura de obras literárias, que se torna, de fato, um hábito entre as crianças.” Andréa Luize é coordenadora pedagógica do Instituto Vera Cruz, professora do curso de Pedagogia da mesma instituição e selecionadora do Prêmio Educador Nota 10