Janete Emília Dourado Santos

A VENCEDORA NA MÍDIA:

06/06/2022 – Nova EscolaEducador Nota 10: conheça quatro dos projetos vencedores

14/03/2022 – Facebook Prêmio Educador Nota 10Janete Emília, professora de Matemática em Iraquara (BA)

5/03/2022 – Cultura & RealidadeProfessora de Iraquara é única baiana no “Educador Nota 10”

08/03/2022 – Bahia JornalProfessora de Iraquara (BA) está entre os vencedores do 24º Prêmio Educador Nota 10

LEVA E TRAZ DE ATIVIDADES REFORÇOU A MATEMÁTICA

A professora liderou um esquema de correções e devolutivas que socializavam erros e aprendizagens e fez a turma se desenvolver na resolução de problemas


Nidiacris Ribeiro / Trupe Filmes

Educadora Nota 10: Janete Emília Dourado Santos
Matemática – 5º Ano / Anos Iniciais do EF
Escola: Educandário Anísio de Souza Marques
Iraquara, BA

Trabalho: O pulo do gato
Número de alunos: 33
Duração do trabalho: 5 meses

Resumo: Não deixar ninguém para trás e ainda promover a aprendizagem! Diante das agruras da pandemia, entre elas a falta ou a precariedade do acesso à internet, Janete e os demais professores montaram um esquema para entregar blocos de atividades nas casas dos alunos quinzenalmente. Ao analisar os materiais recolhidos nas quinze comunidades atendidas pela escola, a professora observava os conteúdos de matemática que se mostravam mais difíceis para as crianças e tratava deles nos próximos blocos. As diversas estratégias de resolução e também os erros cometidos foram incluídos em atividades para análise e reflexão. Desse modo, ainda que os estudantes não tenham se encontrado, pois não houve aulas síncronas, tiveram possibilidade de interagir com diferentes soluções elaboradas pelos colegas. Para garantir o aprendizado, Janete tirava dúvidas por chamadas de áudio e vídeo. O esforço e o investimento de tempo valeram a pena, já que a turma superou as expectativas e avançou muito nas estratégias de resolução de problemas.

Por que o trabalho foi premiado?
“Em uma região em não seria possível realizar aulas síncronas por conta da precariedade de acesso e de tecnologia, dois aspectos são relevantes: o esforço da equipe escolar para  acompanhar todos os alunos e, em relação à Matemática, a proposta de resolução de problemas e cálculos por meio de diversas estratégias. Na iniciativa inovadora, que valorizou as formas de resolução dos alunos, eles também analisavam as resoluções dos colegas (corretas e não corretas). Os professores revisavam as atividades entregues quinzenalmente, identificavam quem não havia trabalhado e planejam ações para esses estudantes. Janete conversava por telefone com eles, pois considerou que alguns não conseguiam escrever suas resoluções, mas conseguiam explicá-las oralmente. No material, os alunos tinham espaço para anotar as dúvidas, que depois eram conversadas com a professora por telefone. O resultado: na turma, nenhum aluno deixou de participar das ações escolares possíveis, ainda que as dificuldades tenham sido muitas.” Lilian Marciano é assessora sobre o ensino e a aprendizagem de Matemática nos anos iniciais do Ensino Fundamental e selecionadora do Prêmio Educador Nota 10